Gama empata por 3 x 3 e se despede da Copa do Brasil

Candangão: Líderes aplicam goleadas na quarta rodada
10 de fevereiro de 2020
Clássico 60 entre Brasiliense x Gama será com torcida única
14 de fevereiro de 2020

Gama empata por 3 x 3 e se despede da Copa do Brasil

Em cobrança de pênalti, o veterano atacante Nunes marcou o primeiro gol do Gama na partida (Foto: Gabriel Mesquita/Gama)

O Gama empatou por 3 x 3 com o Brasil de Pelotas e foi eliminado da Copa do Brasil. Mesmo com a festa da torcida e dois jogadores adversários expulsos, a equipe alviverde falhou defensivamente, saiu atrás no placar e buscou o empate três vezes, nesta quarta (12), no Estádio Bezerrão. 

Nos dois primeiros minutos de jogo, o Periquito foi para cima e finalizou duas vezes. Mas, aos oito, após um cruzamento na área, Gabriel Poveda mandou a bola para o fundo das redes de Rodrigo Calaça. Aos 12, em cobrança de falta do Gama, Bruno Santos cometeu infração na área e o árbitro José Washington da Silva assinalou pênalti. Com frieza, o veterano Nunes empatou o duelo. 

Aos 29, Emerson fez fala na grande área e mais uma penalidade foi marcada, mas para o Brasil de Pelotas. O goleiro verde foi para o lado errado e Wellington Simião colocou o time gaúcho mais uma vez em vantagem no placar. A resposta dos donos da casa veio logo em seguida com um bonito gol. Tarta cobrou escanteio para Luquinhas marcar de letra. A etapa foi equilibrada, mas o Gama mostrava maior entrosamento e teve mais chances de finalizar.

Os 45 minutos finais do jogo eram decisivos. Apenas a vitória interessava os donos da casa e o Periquito foi para cima. Para conter o volume ofensivo alviverde, o Brasil de Pelotas apelou para as faltas. Aos 14 minutos, Cristian levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Mesmo com um jogador a menos, a equipe do Rio Grande do Sul deu a reposta dois minutos depois. Após falha da defesa gamense, Gabriel Poveda saiu em velocidade e marcou o segundo gol no jogo. 

Ao canto de “eu acredito”, os torcedores alviverdes clamaram pela reação. O Gama dominou a área de defesa do Brasil de Pelotas e tentou marcar na finalização de Esquerdinha e na cabeçada de Nunes, mas o gol não saiu. Aos 40, Tarta lançou para Michel Platini, que, de cabeça, mandou para o gol. O goleiro Matheus tocou a bola, mas a deixou escapar para o fundo das redes. O gol levantou a torcida, que entoou o mantra “eu acredito”, mais uma vez. No entanto, mesmo com a expulsão de Nathan e a chuva de lançamentos na área, o Periquito não conseguiu conquistar a vitória e foi eliminado da Copa do Brasil.

Com informações do DF Super Esportes