Clubes se manifestam contra o retorno de público aos jogos

Tite convoca Seleção Brasileira para Eliminatórias
18 de setembro de 2020
Brasiliense e Gama vencem pela Série D do Brasileiro
20 de setembro de 2020

Clubes se manifestam contra o retorno de público aos jogos

Jogo entre Flamengo e Athletico-PR está marcado para o Maracanã, único estádio liberado pela prefeitura carioca a receber jogos com público — Foto: André Durão

Clubes da Série A tem se manifestado de maneira contrária à possibilidade de o jogo entre Flamengo e Athletico-PR ter a presença da torcida. Até agora, Bahia, Botafogo, Corinthians, Fluminense, Grêmio, Internacional, Santos e Vasco mostraram opiniões diferentes daquelas que foram exibidas pela Prefeitura do Rio de Janeiro e pela Federação de Futebol do Estado do Rio.

Os clubes da Série A foram procurados pelo ge até a publicação da reportagem e alguns já se manifestaram. O Fluminense não se pronunciou de maneira oficial, mas a apuração é de que o clube é contrário à atitude da Prefeitura do Rio.

Na última sexta-feira, a Ferj divulgou que cogitava a volta do público para o jogo entre Flamengo e Athletico-PR, marcado para o dia 4 de outubro. Porém, tal medida valeria apenas para as partidas no Maracanã, segundo determinação da Prefeitura do Rio. A decisão final depende de aval da CBF, que ainda não se manifestou sobre o assunto.

A atitude gerou críticas, primeiramente do presidente do Corinthians, Andrés Sanchez. Ele afirmou que se a presença da torcida for liberada somente no Rio de Janeiro, o clube paulista não entrará mais em campo pelo Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, rebateu o presidente corintiano dizendo que “cidades aptas para receber público estão recebendo”.

Fonte: GE