Hamilton vence GP da Emilia-Romagna e já pode faturar hepta na próxima corrida

Brasília integra roteiro inédito do Rally dos Sertões 2020
25 de outubro de 2020
Pietro Fittipaldi substituirá Grosjean após acidente no GP do Bahrein
2 de dezembro de 2020

Hamilton vence GP da Emilia-Romagna e já pode faturar hepta na próxima corrida

Lewis Hamilton vence GP da Emilia-Romagna — Foto: Reuters

Parecia ser uma corrida morna em Ímola neste domingo (1°), mas o GP da Emília-Romanha acabou sendo um agito. A prova que começou morna e com domínio de Valtteri Bottas acabou com um safety-car virtual ajudando Lewis Hamilton, que assumiu a primeira colocação e partiu para a vitória.

Hamilton terminou a primeira volta em terceiro, atrás também de Max Verstappen. Só que o britânico acertou em cheio ao adiar a primeira parada, ganhando pista livre e a chance de se beneficiar do safety-car virtual causado pelo abandono de Esteban Ocon.

Antes do safety-car virtual, Bottas tinha chances reais de vitória. O finlandês tinha ritmo forte, mas foi traído por um assoalho danificado e por uma estratégia que não encaixou. Detritos na pista causaram problemas no #77, que ficou extremamente vulnerável. Valtteri só garantiu um segundo lugar por conta do abandono de Verstappen, vítima de um pneu furado.

Daniel Ricciardo aproveitou o abandono de Verstappen e um erro estratégico da Racing Point com Sergio Pérez para voltar ao pódio. É o segundo do australiano nas últimas três corridas. Daniil Kvyat, que ganhou terreno nas voltas finais, conseguiu um ótimo quarto lugar. O russo compensou o abandono de Pierre Gasly por problemas mecânicos, isso ainda nas primeiras voltas.

Charles Leclerc completou o top-5. Pérez trocou um possível pódio pelo sexto lugar ao fazer um segundo pit-stop. Carlos Sainz Jr., Lando Noris, Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi fecharam a zona de pontos.

A prova teve duas batidas, e em circunstâncias bem diferentes. Verstappen teve pneu furado e acabou atolado na brita. George Russell, por sua vez, errou sozinho sob safety-car, enchendo o muro e se despedindo de chance clara de pontuar.

Com o resultado, Hamilton já pode ser heptacampeão mundial na próxima corrida, na Turquia. O inglês tem 85 pontos de vantagem sobre Bottas com 104 ainda em jogo, e, para faturar o título, precisa de uma vitória ou de um segundo lugar com a volta mais rápida.

Fonte: Grande Prêmio